Dureza da água: entenda os problemas causados pela alta concentração de cálcio e magnésio

A água é um fenômeno natural, capaz de carregar diferentes características, de acordo com o meio o qual permeia. Utilizada em inúmeras funções, que partem desde o consumo humano, até o fornecimento de energia elétrica, esse recurso pode variar não só o formato (sólido, líquido e gasoso), como também o gosto, odor, cor, pH e outras propriedades.

Isso é possível, devido aos diferentes agentes presentes na formulação do fluído. Se analisarmos uma amostra da água do mar, por exemplo, nitidamente encontraremos mais sais do que em uma amostra de água doce. Entretanto, isso não torna a água doce isenta de outras propriedades. Mesmo em concentrações mais baixas, o fluído também pode apresentar teor de carbonato, ferro, cloro, sílica e outros componentes, com os quais teve contato.

Apesar de ser um recurso naturalmente mutável, nem sempre os elementos presentes na água podem ser aproveitados. Em alguns processos industriais, por exemplo, os cloretos passam a ser vistos como malefício, já que causam incrustação e corrosão, podendo levar equipamentos à inutilidade.

Entre os elementos mais encontrados em ensaios laboratoriais, estão o cálcio e magnésio. Também conhecidos como durezas, esses sais são as maiores preocupações no ramo de tratamento de água, pois, possuem baixo potencial solúvel e, diante de altas temperaturas, acabam transformando-se em cristais incrustantes, bastante rígidos e de difícil remoção.

Para definir, de forma química, a concentração de cálcio e magnésio em amostras, as mesmas são divididas entre “Água Mole” (Que apresenta baixo índice de durezas) e “Água Dura” (Que apresenta médio, ou alto, índice de durezas). Caso seja classificada como dura, a amostra é submetida ainda ao Ensaio de Dureza Total.

Ensaio de Dureza Total

Segundo o Ministério da Saúde, “A dureza total é calculada como sendo a soma das concentrações de íons cálcio e magnésio na água, expressos como carbonato de cálcio”.

Por meio desta análise, é concluído se a água ensaiada atende aos parâmetros de qualidade exigidos, tanto para consumo, como para uso industrial. Dependendo dos resultados, também é identificado se há necessidade, ou não, de tratamento para esse fluído, tal como qual é a solução mais indicada pelos especialistas.

Um dos sistemas mais eficazes para a remoção de durezas da água, é o filtro desmineralizador. Com resinas catiônicas e aniônicas, esse equipamento permite que a água, antes mesmo de ser utilizada, passe por tratamento, reduzindo, quase que totalmente, a concentração de cloretos, bicarbonatos, sílica, cálcio, magnésio e outros elementos.

A Unniroyal

Unniroyal oferece ao mercado a solução ideal para problemas de incrustação e corrosão, gerados pelo acúmulo de durezas na água. Especialistas no ramo, prestamos atendimento especializado para cada cliente, afim de garantir o tratamento ideal e o bom funcionamento de sistemas industriais.

Atuando em todo o território nacional, estamos à disposição para ajudá-lo.